propósito de vida

Descubra o propósito de vida

Propósito de vida

Muitos anseiam pela liberdade, querem crescer e ter prosperidade, enquanto outros já desfrutam disso. Mesmo assim, há pessoas que não conseguem ainda encontrar um sentido completo para a própria vida, porque não conseguem observar e viver a sua missão de vida, não estão conectadas consigo mesmas.

Nada substitui a descoberta do verdadeiro propósito de vida.

Particularmente, eu adoro ensinar, compartilhar tudo o que aprendo e vivo na minha vida. Por exemplo, dar uma palestra, estar com outras pessoas. Você não tem ideia do quanto isso mexe comigo! E nem precisa ser um público muito grande. Se eu tiver cinco pessoas que me ouçam, e eu faça sentido na vida delas, isso já me empolga muito. Porque eu estou vivendo o meu verdadeiro sentido de vida, a minha verdadeira missão.

Certa vez, dei uma palestra que tinha um público de cerca de 15 pessoas. Uma dessas pessoas que estavam na palestra observou que eu não parava de pular. Ao final, ela me disse que eu parecia um coelhinho, pulando. Achei o comentário muito fofo da parte dela, e também muito engraçado.

Por que eu parecia um coelhinho pulando?

Porque eu estava tão empolgada, tão emocionada, com tanto propósito de estar ali, dizendo às pessoas o que são crenças, o que elas podem mudar na vida delas – e eu sei o quanto isso é verdadeiro – que isso dá um sentido à minha vida e eu sinto que estou vivendo de acordo com meu propósito.

Não estou dizendo que você precise dar palestras ou que fazer coaching, mas você precisa descobrir qual é o seu verdadeiro propósito, de que modo você agrega valor à vida das pessoas, porque é ajudar às outras pessoas que o fará crescer e se conectar com o mundo.

O propósito não diz respeito ao que fazemos, mas ao que somos.

Tenho outros negócios além de dar palestras e coaching, mas eu também preciso estar com pessoas, ensinando, dando palestras e treinamentos, porque isso faz sentido para mim. Eu tenho outros negócios que me dão uma boa remuneração e poderia viver só disso, mas eu não conseguiria ser feliz vivendo só deles, porque eu não viveria de acordo com a minha missão, que é despertar o que as pessoas têm de melhor, fazer com que as pessoas se sintam bem e expandam a própria consciência.

Propósito, um estado de consciência

O propósito de vida diz respeito a quem se é, a quanto ainda se precisa fazer e evoluir. Ele é o nosso estado maior de consciência. Neste caso, quais são os sinais para saber se você está ou não vivendo o seu propósito de vida?

  • Sinais de que você está vivendo conforme sua missão:
  • Satisfação
  • Disciplina
  • Persistência
  • Prazer
  • Alegria
  • Interesse em aprender
  • Fazer cursos
  • Ler livros
  • Energia para trabalhar
  • Criatividade

Se você não se sente satisfeito, não tem disciplina e persistência, não sente prazer e alegria, não costuma se interessar por aprender, fazer cursos, ler livros, falta energia para trabalhar ou mesmo criatividade, é sinal de que não está vivendo de acordo com a sua missão de vida.

Propósito de vida

Os sinais indicados nos tópicos acima indicam a mentalidade básica que um empreendedor precisa ter para ir em direção ao sucesso. Quem pretende ser um empreendedor, portanto, precisa viver sua missão de vida.

O mais importante a entender é que nossa vida tem que ter um propósito interior e um exterior:

  • Propósito INTERIOR – é a conexão com o nosso ser;
  • Propósito EXTERIOR – é ligado ao fazer.

Propósito de vida

Nesse caminho de desenvolvimento pessoal, eu descobri qual era meu propósito de vida. Desde então, comecei a trazer esse tipo de pessoa para minha vida, porque essa é a energia com a qual estou alinhada. Em meu propósito de vida, eu descobri que tenho muito baixa autoestima.

Quando descobri isso, fiquei chocada. Talvez hoje, se você me conhecesse pessoalmente, diria que estou maluca, que, pelo meu perfil, não posso ter problemas de baixa autoestima! No entanto, eu os tenho! Mas quanto mais eu ajudo uma pessoa a desenvolver autoestima nela, mais eu ajudo a fortalecer a minha, melhor eu me sinto.

Propósito de vida

Nosso propósito interior tem a ver com a cura emocional que precisamos viver em nossas vidas. Talvez o seu trabalho atual seja algo que não tenha nada a ver com a sua missão, mas você tem que viver o seu propósito interior, descobrir o que mais o aflige hoje, e provavelmente é nisso que você vai ajudar a outras pessoas: falando, conversando, ensinando, estudando para poder aprender e poder comunicar isso a elas. Ao começa a viver no seu propósito interior, você começa a viver o seu ser.  E quando tem algo que lhe proporciona viver o seu ser, você desperta seu propósito de vida e começa a fazer.

O PROPÓSITO INTERIOR envolve:

  • Despertar;
  • Curar as inferioridades;
  • Livrar-se de sentimentos tóxicos;
  • Evoluir como pessoa;
  • Acertar relacionamentos com outras pessoas.

Desta forma, ter um propósito de vida significa despertar, e então entra em cena a cura das nossas inferioridades.

  • Quais são as inferioridades que você tem hoje?
  • Quais são os sentimentos tóxicos que essas inferioridades geram em você?

No meu caso, minha baixa autoestima fazia com que eu concordasse com todo mundo. Eu fazia coisas que não queria porque eu não me posicionava. Como, em sã consciência, um empreendedor não vai se  posicionar? Porque eu tinha medo de ser criticada e julgada.

Chegava a sentir dor de estômago ao pensar em dizer àquela pessoa o que eu acredito, de uma forma tranquila, sem brigar. Mas me posicionar gerava sentimentos tóxicos, de medo.

Propósito de vida

Propósito de vida

Quando eu entendi que a minha solução estava em curar as minhas emoções, e que era nisso que eu tinha que ajudar as pessoas, eu comecei a crescer, porque quando eu estudo, treino e ajudo outra pessoa, eu estou curando as minhas inferioridades, evoluindo como pessoa. e aí eu começo a acertar os relacionamentos com outras pessoas e a minha vida começa a prosperar, assim como a sua também, quando você hoje fizer esse exercício e se perguntar:

  • Qual é a cura emocional que eu preciso fazer?
  • sensação de escassez, em relação a mim mesmo?
  • Qual é a inferioridade que eu tenho?

Sentimentos como rancor e raiva – ou mesmo não saber perdoar – são tóxicos, e muitas vezes vêm quando a pessoa não acredita em si mesma, ou por ter uma baixa autoestima e não alimentar o amor a si mesma. Assim que ela descobre isso e começa a tratar isso, começa a despertar o propósito e o poder interior.

O PROPÓSITO EXTERIOR envolve:

  • Ajudar o próximo;
  • Varia de pessoa para pessoa;
  • Encontrar o propósito interior e viver alinhado a ele é o alicerce para a satisfação no propósito exterior;
  • É a base para o verdadeiro sucesso.

No propósito exterior, está incluída a ajuda ao próximo. Não adianta cuidar apenas de si para evoluir como pessoa se essa evolução não servir a um propósito maior, que seja externo, saia de si para ajudar a quem precisa.

A maneira de ajudar ao próximo, no entanto, vai variar de pessoa a pessoa, pois é justamente encontrar um propósito interior – pessoal e só seu – que vai fazer com que você viva alinhado com a satisfação do seu exterior.

Você se satisfaz interiormente e isso começa a refletir na sua vida exterior.

Barreiras para encontrar e viver a sua missão de vida

  • Crenças limitantes;
  • Deixar de lado a própria missão de vida;
  • Crenças referentes à profissão;
  • Crenças sobre dinheiro;
  • Achar que é difícil ganhar dinheiro fazendo o que gosta.

É mais comum do que se costuma imaginar que as pessoas imponham barreiras ao próprio sucesso. As próprias crenças limitantes são um exemplo disso. As pessoas acabam não seguindo sua missão de vida porque acham que ela não é possível, ou mesmo importante. E, em função dessas crenças, você vai descartando a sua missão, deixando de lado, trabalhando com outras coisas, descuidando de tudo que envolveria sua missão, que nada mais é do que cuidar das suas inferioridades, ao ajudar outras pessoas a resolverem os próprios problemas.

Outra barreira bastante comum é achar difícil ou mesmo impossível de ganhar dinheiro naquilo que se gosta.

Missão: abertura para a prosperidade

  • Toda missão é a abertura do indivíduo para a prosperidade;
  • Você é muito mais produtivo para a sociedade quando vive a sua missão;
  • Algumas pessoas acham difícil isso, mas difícil é fazer algo que não gosta, pelo resto da vida.

Missão X Liberdade

A missão traz a liberdade. Só os disciplinados são verdadeiramente livres.

Pessoas indisciplinadas são escravas do momento, dos apetites, dos prazeres imediatos. O fato de elas acharem que não têm uma missão ou propósito a seguir, faz com que sejam escravas do momento, e elas acabam mudando toda hora de profissão ou de ideia, o que faz com que não vivam sua missão.

Propósito de vida

Trago agora trechos do livro “O Oitavo Hábito”, para enriquecer o assunto e incentivar a reflexão.

“Nosso receio mais profundo não é o da inadequação. Nosso receio mais profundo é de sermos poderosos além da conta.

É a nossa luz, e não a escuridão, o que mais nos apavora.

Perguntamos a nós mesmos:

‘Quem sou eu para ser brilhante, maravilhoso, talentoso, fabuloso?’

Na verdade… por que não o ser?

Somos filhos de Deus. Fingirmos ser pequenos não serve ao mundo.  Não é nada iluminador encolher-se para que outras pessoas não se sintam inseguras à sua volta. Todos fomos feitos para brilhar, como as crianças. Nascemos para manifestar a glória de Deus que há em nós.

Não apenas em alguns de nós, mas em todos nós. E se deixarmos que a nossa própria luz brilhe, inconscientemente, estamos dando permissão para outras pessoas fazerem o mesmo. Quando nos libertamos dos nossos medos, nossa presença automaticamente liberta outros.”

Leia o texto acima várias vezes. Você merece ouvir de si mesmo novamente todas essas mensagens.

Quando li o livro e o entendi, percebi que eu poderia ser quem quero ser, porque isso liberta e agrega valor à vida de outras pessoas também.

Baixe o seu gratuitamente Aqui

Comentários

Compartilhe esse post!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email