centelha divina

Centelha Divina Como acessar o Todo

O que é centelha divina? É própria extensão do criador individualizado em cada pessoa. Todos tem a centelha divina e, portanto o ego como tem medo da morte impede a conexão com a centelha divina.

Veja bem a física quântica prova com a teoria quântica a existência do vácuo quântico e que tudo no universo é feito de energia.

Toda a energia é informação, logo quando estamos conectados com a centelha divina temos acesso a informação que esta no vácuo quântico.  Em outras palavras viver conectado com a centelha  é viver em fluxo direto com Deus.

Ao se conectar com a centelha divina, além de ter acesso ao fluxo criativo, o sentimento de paz e unicidade com tudo que há faz parte de quem se conecta.

Algumas pessoas vivem a sensação de separação do Todo, porque vivem pela mente, e acredita na mente.

Centelha Divina assumindo a sua a vida

Como falei anteriormente o ego tem medo de perder sua individualidade, ou seja, o medo da morte. Portanto o ego acredita que ao deixar a centelha  agir ele perde sua vida particular, é justamente ao contrario.

Acontece  que quando o ego permite que a centelha divina assuma completamente sua vida  ganha informação. Portanto ao fundir se com a centelha divina o ego ganha mais informação.

Como se conectar com a centelha divina? A fusão com o Todo acontece quando se vibra na energia do Todo, logo a energia do Todo é puro amor. Em outras palavras entrar na frequência do Todo tem que sentir amor. O Todo é puro amor, e vibrar no Todo é sentir amor por tudo que há.

Então quanto maior for vibração energética amorosa mais conectada com a centelha divina se esta.  Ou seja, subir na escala emocional. A escala emocional determina sua escala vibracional. Portanto fazer limpeza na mente significa viver melhores emoções.

Frequência do Amor

Para vibrar na frequência do amor tem que sair da mente. Porque a mente tem medo  e quer controlar tudo, e ao querer controlar tudo cai na escala das emoções, já que quem busca o controle vibra na frequência do medo. O único antidoto para o medo é o amor, ou seja, soltar o controle.

A mente está programada por velhos conceitos de dor e sofrimento. Então para vibrar na frequência do amor tem que abandonar a mente.

.

Sair da mente para acessar a centelha

Para sair da mente é necessário tornar se consciente que você não é a sua mente. Logo expandir a consciência e tornando se consciente do dialogo mental.

 Então abandonar a mente significa não julgar, criticar, controlar o outro, e tentar controlar situações. Entender que a mente serve para criar pensamentos e se souber usar de maneira certa consegue manifestar o que quiser na vida.

Sobretudo  o amor é a chave que abre o cadeado que liberta a mente. Só vive pela mente quem não consegue sentir gratidão e perceber a vida e o amor em tudo que há.

Expansão de consciência

Contudo a vida cotidiana corrida e cheia de informações de todos os lados é de certa forma um impedimento para se conectar com a centelha divina, ou seja, a vida corrida do dia a dia é um dos fatores que impede de estar conectado atento ao momento presente. Logo conectar se cultivar momentos de atenção e silencio ajuda muito sentir e entrar em vibração com a centelha. Lembrando a centelha esta em tudo e em todos.

Seja como for o seu dia a dia você pode se conectar com a centelha divina através de meditações, relaxar a mente, e também ouvir frequências de solfegio.

Uma vez que a mente esteja relaxada maior é a expansão de consciência, logo ao expandir a consciência o sentimento de paz, alegria surgem e a conexão com a centelha divina acontece naturalmente.

Assim cultivar o habito de agradecer por tudo e por todos também é uma excelente forma de vibrar, ou seja, subir na escala emocional, vibrando então na frequência da gratidão. A frequência de gratidão também faz com que a fusão com a centelha aconteça.

Em resumo se conectar com a centelha divina lhe torna um  co-criador consciente da sua realidade.

Comentários

Compartilhe esse post!

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter
Share on email